Especialista em restauração predial.

Conheça os 4 principais tipos estilos arquitetônicos do Brasil

12 de dezembro de 2018

No Brasil, existem diferentes estilos arquitetônicos que marcam a história da mistura da nossa cultura. Assim, considerando a variedade e riqueza da arte, escolher entre os tipos disponíveis para a decoração da fachada do imóvel ajuda a valorizar e embelezar o condomínio.

Do gótico ao neoclássico, existem estilos para todos os gostos. Mas, antes de mais nada, o síndico deve averiguar junto a assembleia de moradores quais são as características que mais combinam e, ainda, o que se espera da mudança estética de toda a unidade imobiliária.

Ficou curioso? Continue a leitura e conheça os 4 principais estilos arquitetônicos mais marcantes no país. Confira!

Quais são os principais tipos de estilos arquitetônicos do Brasil?

É comum nos depararmos com uma infinidade de formas e características próprias a cada estilo de arte, não é mesmo? E você sabe o que significa, ante de tudo, o conceito de arquitetura?

Ela é responsável pela projeção e construção dos variados tipos de edificações, ou seja, baseia-se na estética e em noções de proporção e estrutura dos imóveis.

A seguir, confira quais são os 4 principais estilos arquitetônicos praticados no Brasil.

1. Gótico

O estilo gótico tem como origem as construções religiosas da Europa entre os séculos XII ao XV. Por isso, é marcado por formatos horizontais, janelas, arcos e paredes mais finas.

Esse tipo é encontrado, por exemplo, na Catedral da Sé, em São Paulo, e na Catedral de São João Batista, na cidade de Santa Cruz do Sul, no estado do Rio Grande do Sul.

2. Grego

A arquitetura grega surgiu por volta dos séculos VII e IV a.C., e tem como um dos seus principais representantes as antigas edificações mitológicas do Mediterrâneo. Esse formato estético é fortemente marcado por enormes colunas, além da utilização de materiais, como madeira, argila e mármore.

Sua influência pode ser encontrada no Templo das Musas, na cidade de Curitiba, capital do estado do Paraná.

3. Barroco

O tipo barroco consolidou-se no país no século XVII e oferece uma grande riqueza de detalhes e objetos preciosos, como pedras e ouro. Relacionado à arquitetura das igrejas e suas cúpulas, sua marca está presente nas principais obras sacras do Brasil. 

O estilo pode ser encontrado, por exemplo, na Igreja de São Francisco, em Salvador, e na Basílica de Nossa Senhora do Carmo, na cidade de Recife.

4. Neoclássico 

O estilo neoclássico surgiu no país com a chegada da família real portuguesa, por volta de 1808. Ela é caracterizada por traços simétricos e geométricos, fruto da cultura greco-romana.

No Brasil, o Teatro Santa Isabel, em Recife, e o Palácio do Catete, no Rio de Janeiro, são exemplos de suas características.

O síndico pode optar entre os principais estilos arquitetônicos do Brasil para aplicar na decoração do condomínio e da fachada predial. Cada detalhe, portanto, torna-se um sinal de que o ambiente possui requinte e, além disso, de que os imóveis serão mais bem valorizados por possíveis compradores. Para isso, é essencial observar as características de cada tipo e o que combina mais com a realidade dos condôminos.

Gostou do conteúdo? Então, siga a Repinte nas redes sociais e fique por dentro de todas as novidades! Estamos no Facebook e Instagram. Até a próxima!