Conheça o Mirante do Vale: o maior edifício de São Paulo

Você já ouviu falar no Mirante do Vale? Localizado na região do Anhangabaú, o edifício foi construído em 1960 e inaugurado em 1966. Conhecido também pelo nome fantasia de Palácio Zarzur & Kogan, foi projetado pelos engenheiros Waldomiro Zarzur, em parceria com Aron Kogan. O prédio possui cerca de 170 metros de altura e 51 andares. Sua arquitetura, bastante moderna e imponente para a época, em conjunto com sua altura, fizeram com que ele fosse eleito o maior edifício de São Paulo, posto que nenhum outro prédio ainda conseguiu ocupar. Além disso, ele já foi eleito o 18º maior edifício do mundo e, por 48 anos, o maior edifício do país, sendo superado somente em 2014 pelo edifício Millennium Palace, em Santa Catarina.

Além do seu tamanho por fora, suas dimensões internas também impressionam. São 75 mil metros quadrados de área, contendo 812 unidades de salas comerciais, indo desde escritórios de advocacia à escritório de cartomantes. Em seus três primeiros andares, para completar, ainda possui 146 unidades de lojas. Uma unidade padrão no Mirante do Vale tem cerca de 50 metros quadrados, mais um banheiro.

Cerca de 10 mil pessoas trabalham no edifício diariamente entre suas salas comerciais, lojas e funcionários do próprio Mirante, sem contar o fluxo de 30 mil pessoas que por ali circulam todos os dias. Para comportar o grande número de pessoas, o edifício conta com 3 entradas por três ruas diferentes, 12 elevadores e até mesmo um heliponto em seu topo.

Muitos ficam em dúvida sobre qual é o maior edifício de São Paulo, já que o Mirante do Vale se encontra em uma região mais baixa da cidade, fazendo com que outros empreendimentos pareçam mais altos. Porém, ele segue sendo sim, o maior da capital, podendo até mesmo ser visto por outros arranha-céus tradicionais da cidade, como o Farol Santander (antigo Banespa) e o Edifício Itália.

A vista do próprio Mirante também é um show à parte. Do 46º até o 50º andar, é possível se deparar com uma vista deslumbrante de toda a região central da capital, que costuma encantar todos os seus frequentadores. E não é para menos: além de estar dentro de um dos edifícios mais tradicionais da cidade, a oportunidade de ver grande parte dos cartões-postais de São Paulo de cima é uma experiência incrível de ser vivida, capaz de tirar o fôlego.