Especialista em restauração predial.

Como a renovação de áreas comuns ajuda na valorização do condomínio?

2 de outubro de 2018

As áreas comuns do condomínio são tão importantes quanto qualquer uma das unidades imobiliárias. Isso porque contar com espaços de lazer e outros diferenciais atrai possíveis compradores e ainda promove a valorização do imóvel.

Uma figura importante para garantir que os condomínios tenham um espaço de lazer para os moradores – e que vai influenciar na venda ou locação dos imóveis – é o síndico. Ele tem a responsabilidade de acatar e, se for conveniente, ofertar melhorias sobre os espaços comuns. Aos condôminos, vale lembrar, fica proibido realizar qualquer tipo de intervenção sem a aprovação da gestão do condomínio.

Ficou curioso? Continue a leitura e entenda a importância de renovar as áreas comuns do imóvel para que ele seja ainda mais valorizado. Acompanhe!

Qual a importância das áreas comuns do condomínio?

Na hora de procurar um imóvel, muitas questões são levadas em consideração – a localização, o conforto e os serviços são alguns dos exemplos. Além disso, uma fachada limpa e convidativa pode também gerar uma boa impressão para quem deseja fechar um negócio.

São inúmeros os fatores que levam um possível comprador a decidir investir em um imóvel. A presença das áreas de lazer nos ambientes comuns dos condomínios, certamente, é um dos motivos de maior relevância para essa decisão. Pensando a longo prazo, os espaços de habitação que contam com áreas modernas, acessíveis e seguras, tem mais chances valorização ao longo do tempo.

Um bom exemplo são os imóveis localizados em um mesmo bairro e com diferenças significativas de preço. A localização é importante, mas o acesso e a segurança dos condomínios são pontos fortes também para uma negociação. Inclusive, a decisão de investir na renovação da fachada pode alterar o valor de um imóvel.

E, após a decisão de realizar qualquer melhoria ou criar novos espaços de convivência, a gestão condominial tem o dever de realizar manutenções periódicas.

Como renovar as áreas comuns?

Com o passar do tempo, é comum que defeitos estruturais comecem a surgir nas áreas comuns. Contando com o tempo de uso e o estado atual dos ambientes de lazer, o síndico deve estipular um período para realizar reformas e, caso necessário, restaurar inteiramente esses espaços.

Para dar uma nova cara ao condomínio, é possível propor não somente a melhoria, mas a construção de um novo ambiente, como uma churrasqueira, uma sala de jogos ou uma academia. A utilidade e qualidade dos espaços também deve ser considerada.

Para os moradores, vale lembrar que algumas reformas beneficiam todos e o síndico tem o dever de analisar e viabilizar os meios para qualquer tipo de mudança.

Aos síndicos, é importante ressaltar que antes mesmo de apresentar suas ideias aos residentes, é necessário planejar cada detalhe e ver o que será preciso para pôr em prática a renovação dos ambientes. Convoque os condôminos e apresente todas as ideias, além de esclarecer dúvidas e acatar as demais sugestões.

Mas, como renovar as áreas comuns do condomínio? Descubra, a seguir, algumas possibilidades:

Construa uma área de lazer

Se a unidade habitacional não conta com uma área de lazer, este pode ser o momento para começar a pensar nessa opção. Para isso, é preciso convidar todos os moradores para uma assembleia, com o objetivo de discutir o assunto.

A construção só será viável com a aprovação unânime de todos e, ainda, se o condomínio comprovar meios para arcar com os custos das reformas e, futuramente, as manutenções.

De qualquer maneira, é possível propor aos residentes uma taxa extra com essa finalidade. A tarefa do síndico, neste momento, é demonstrar todos os benefícios que a melhoria proporcionará aos moradores.

Amplie as áreas que já existem

Os ambientes de convivência precisam de alguma manutenção? Se a sua resposta for positiva, analise a viabilidade de ampliar algumas áreas comuns, como a garagem, o espaço de festas, a área da piscina e a churrasqueira, por exemplo.

Outra área que deve receber atenção especial é o ambiente reservado às crianças. Este é um espaço que precisa estar com a manutenção sempre em dia. Os brinquedos, especialmente, precisam receber reparos semanais ou quinzenais.

Muitas vezes, a ampliação das áreas existentes também vai exigir boa vontade também dos moradores. Portanto, se for necessário qualquer tipo de auxílio financeiro, é importante que o síndico seja claro desde o início — antes mesmo do começo da reforma.

Realize adaptações sustentáveis

Seguindo a tendência de diversos complexos habitacionais, a gestão do condomínio pode estudar a possibilidade de adaptar as unidades para que reduzam o consumo de certos recursos.

Realizar coleta seletiva e compostagem, instalar painéis fotovoltaicos para a geração de energia solar e captar a água da chuva são opções simples e agregam valor ao condomínio. Isso acontece porque além de reduzir os gastos com recursos, os moradores ganham também qualidade de vida.

Realizando uma adaptação desse tipo, dificilmente perde-se conforto e, muitas vezes, o imóvel fica com uma apresentação mais moderna, o que atrai compradores antenados.

Melhore a aparência da fachada

O síndico também pode propor a revitalização das fachadas do condomínio, apresentando propostas para tornar o complexo habitacional mais bonito. A estética é muito importante, já que a fachada pode, à primeira vista, mostrar que o local recebe bons cuidados. Vale lembrar que a boa aparência atrai os olhos de possíveis investidores.

Como manter as áreas comuns em bom estado?

É importante que existam normas para os espaços comuns e horários definidos para a utilização, com o objetivo de evitar danos ao patrimônio. Sendo assim, o síndico deve estar sempre atento para a fiscalização dos ambientes e se apresentam riscos à segurança dos moradores. Caso julgue necessário, é necessário conscientizar o maior número possível de condôminos sobre o cuidado com o imóvel e abrir um espaço para sugestões de melhoria.

Como vimos até aqui, reparos nas áreas comuns podem elevar e melhorar a experiência de quem deseja morar em um ambiente moderno e seguro. Considere nossas dicas e acabe com qualquer receio em relação a mudanças.

Gostou do nosso conteúdo? Então compartilhe essas informações com seus amigos, vizinhos e familiares nas redes sociais pra que todos entendam melhor sobre o assunto!